Xirê para Iemanjá, mãe das águas salgadas

No sábado, dia 12 de agosto, saudaremos a rainha do mar, orixá Iemanjá

Resultado de imagem para iemanja

Na TUNGRA, Iemanjá é sincretizada com Nossa Senhora da Glória, que é celebrada em 15 de agosto. Em algumas regiões do Brasil, a orixá é sincretizada com Nossa Senhora dos Navegantes, em 2 de fevereiro

Saudação: Odociá Iemanjá! (Salve a Senhora do cavalo-marinho!)

Dia da Semana: Sábado

Dia do ano: 15 de agosto

Sincretismo: Nossa Senhora da Glória (Nossa Senhora dos Navegantes em algumas regiões)

Elemento: Prata

Resultado de imagem para iemanja

Iemanjá é mãe de todos. Ela simboliza o amparo e a maternidade que envolve os seres

Natureza: Mares e oceanos

Símbolos: Abebê prateado, Alfanje e Agadá

Domínio: Responsável pelos bens materiais

Cor representativa: Azul clara

Cor da guia: Conta azul clara

Oferendas: Manjar, arroz doce, flores, perfumes e velas azuis clara

Bebida: água de coco

Planeta: Lua

Chacra: Fontal

Outros nomes: Janaína, Inaê, Kaitumba (Angola), Lissa/Aboto (Gêge)

 

Iemanjá é a mãe da vida, criativa e geradora, mãe da calunga grande (mar)

Resultado de imagem para nossa senhora da gloria

Nossa Senhora da Glória, celebrada em 15 de agosto, é protetora das mães e dos filhos

Ela atua com intensidade na geração dos seres, das criaturas e das espécies. As características marcantes da Divina Mãe Iemanjá são o amor maternal, a criatividade e a geração. Ela simboliza o amparo, a maternidade que envolve os seres, amparando-os e encaminhando-os diligentemente, protegendo-os até que tenham suas consciências despertadas, estando aptos a se guiar.

A criatividade de Mãe Iemanjá torna os seres, criaturas e espécies capazes de se adaptarem às condições e meios mais adversos. Responsável pela geração, Iemanjá irradia essa qualidade a tudo e a todos, concedendo-lhes a condição de se fundirem, para se multiplicar e se repetir. Iemanjá é a amada Mãe da Vida, pois gera vida em si mesma e sustenta o nascimento. Ela é a água que vivifica os sentimentos e umidifica os seres, tornando-os fecundos na criatividade (vida). Ela rege o mar, que é um santuário natural, um altar aberto a todos. Por isso, é chamada “Rainha do Mar”, para onde tudo é levado, para ser purificado e depois devolvido. Água é vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s